KUSSUHI NI BIC (KNB Project) 

DEFINIÇÃO: KUSSUHI NI BIC (KNB) é um projecto cultural criado por Matolenses, que tiveram a sua infância e juventude naquele município, concretamente nos bairros LOPES e QUARENTA E QUATRO, ali nas proximidades da famosa fábrica de canetas BIC, (a Kussuhi ni BIC). 

Este projecto resulta da união de três grandes grupos de hip hop, nomeadamente STRIPES GANG’LA, PROUD SQUAD e HIP HOP MASTERS, e de alguns activistas de hip hop, ATHOS RASO, MUIDINGA, ELIAS MECRE
ORIGEM: Trabalhar fora da província ou país é um motivo que esteve e continua estando por traz da dissolução de muitos grupos que actuam em diversas áreas da cultura. O *Stripes Gang* e a *Proud Squad* não foram excepção, eles pararam de produzir, divulgar e aparecer. Porém os jovens do outro grupo composto pelos irmãos mais novos dos “matolinhas” os HIP FOR THE MASTER nunca se conformaram com o silêncio dos seus manos. Amigos e familiares também não poupavam, sempre que houvesse oportunidade eles”cutucavam” a Gang’la e a Proud SQ com ideias motivadoras: – QUAL É A VOSSA CENA VOCÊS PAH?, VOLTEM LÁ A REPAR MAN!!!!… 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

No ano de *(2013) Athos Raso, criou um grupo no whatsapp e deu nome OLD SCHOOL LINK, e a partir dessa altura as conversas tornaram-se frequentes e as ideias foram surgindo paulatinamente. 

Ja em 2014 o Sipa Matangalane tinha então criado no facebook um fórum de debates e deu o nome KUSSUHI NI BIC. Neste fórum só seriam adicionadas pesssoas que cresceram naquela zona da Matola, e os que passaram boa parte do tempo da sua juventude frequentando aquele área, estes são os casos de Alívio Waka ManjateArtur Deemann Nhantumbo, Aderito Matsimbe (Spice D). 
O fórum existe até hoje, embora não esteja a ser explorado como o seu criador sonhou mas está lá, e mais do que o trecho da letra do Aaron Gudo (KENNY SITE) na música DJANDZA, o conceito KUSSUHI NI BIC inspirou aos membros do OLD SCHOOL LINK um projecto cultural bastante evoluído: 
Este projecto não vem pra igualar-se a outros e nem pra superar a nenhum já existente, ele vem pra marcar a diferença. Uma das ideias que ganhou muita visibilidade foi a de fazer-se uma música que falasse sobre a Matola, e nela participariam todos aqueles membros do grupo que possuem a habilidade de repar. Esta ideia surgiu em 2015, ano em que todos os membros dos grupos Stripes e Proud Squad voltaram pra Maputo. A ideia mexeu com quase todos foram surgindo vários títulos, MATOLA, KA MATSOLO entre outros. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

OBJECTIVO: Tal como já foi mencionado , este projecto não vem pra igualar ou superar aos outros tantos, ele vem pra marcar a diferença. É um projecto cultural abrangente, queremos através dele, explorar diferentes áreas da cultura hip hop, desde a música, a poesia, o graffiti, produção instrumental, produção de artigos ligados a cultura de rua entre outras actividades. 
Neste momento projecto já está a dar seguimento algumas das actividades supra-citadas e num futuro breve traremos mais detalhes.
Actualmente KNB foi intimado pela produtora Nexta Vida Enter10ment, para fazerem a passagem de testemunho entre os artistas das duas gerações (Old & New School) na Batalha dos Pesos Pesados entre Moçambique VS Angola e em virtude disso, encontram-se em ensaios intensivos de modo a garantir um espectáculo a altura da experiência dos seus membros.

Leave a Reply