Mister Nhungue navega em “África” no terceiro álbum

0
72
MISTERNHYUNGUE
MISTERNHYUNGUE

Em plena celebração do dia do professor, 12 de Outubro, Mister Nhungue apresentou-se, em palco, na Associação dos Músicos, na cidade de Maputo, para comemorar  10 anos de carreira em forma de CD e concerto.

“África” é o selo nominal que leva o terceiro trabalho discográfico do músico Mister Nhungue. O disco foi lançado na passada sexta-feira, 12, na Associação dos Músicos Moçambicanos, em Maputo. Trata-se de um disco que constitui, fora o crescimento musical, um pretexto artístico que o músico encontrou para celebrar os 10 anos de carreira nas lides musicais.

O disco foi lançado num concerto com banda, que começou quando o relógio apontava a hora 18. O concerto de lançamento do disco transformou-se numa verdadeira festa com os toques refinados da Banda Real. “África” foi apresentado ao público.

Antes desde concerto, apenas se sabia da música que deu o título ao álbum “África”, que possui um vide-oclipe com a participação especial de Valdemiro José.

A noite era de Mister Nhungue, todavia como sendo uma festa de música, outros músicos estiveram como convidados. O veterano Jorge Mamade subiu ao palco e mostrou que o tempo não o congelou a voz. Aniano Tamele, o músico do “tsunela papai”, aproximou-se mais de todos, quando espalhou a sua voz para o delírio de todos que se encontravam no local. Wazimbo não ficou para trás, mostrou o melhor que tem dentro de si; celebrou os 10 anos de Mister Nhungue. E porque a noite não era só para os mais “velhos”, houve também espaço para se ouvir uma voz que tem crescido nos últimos tempos: Tchacaze. A jovem brindou a todos com a sua voz e comprovou ser uma promissora nessas lides.

A Banda Real comodava a noite onde “África” era a grande estrela. Pelas interpretações de Mister Nhungue deu para perceber que se trata de um álbum que tem uma componente tradicional muito forte. O mesmo álbum, partindo das canções interpretadas, é uma aclamação do dia-a-dia do continente africano e em particular da realidade moçambicana. Há, outrossim, uma carga musical que denuncia diversas práticas sociais com principal destaque para a de violência doméstica.

“África” é um disco que conta com dez faixas musicais e foi produzida na vizinha república da África do Sul.

Mister Nhungue provou, neste concerto, ser um músico de grande calibre que quer ficar na história da música nacional. Nhungue é de Songo, província de Tete, é licenciado em gestão ambiental. E já conta com diversas premiações, musicais a nível nacional.

Fonte: O País

Loading...

Leave a Reply